A cultura russa


Edição Especial
Marisa Fonseca Diniz


Federação Russa ou Rússia esta localizada ao norte da Eurásia com 17.100.000 kmde extensão, sendo o maior país do mundo, e com mais de 146 milhões de habitantes faz fronteira com a Finlândia, Estônia, Letónia, Bielorrússia e a Ucrânia a oeste até o Estreito de Bering, no extremo nordeste faz fronteira com a Geórgia, Azerbaijão, Cazaquistão, Mongólia e China no sul e ao norte com o Oceano Ártico.

As cidades mais populosas da Rússia são Moscou (Moscovo) – capital da Rússia, São Petersburgo e Novosibirsk, o idioma oficial do país é o russo, e a religião predominante no país é o cristianismo ortodoxo russo. No país há mais de 160 grupos étnicos diferentes e povos indígenas, que contribuem para a diversidade cultural do país. 


As tradições são as mais variadas possíveis, o artesanato é variado, tais como matrioska, dymkovo, khokhloma, gzhel e palekh, as vestimentas tradicionais incluem a caftan, a kosovorotka e e a ushanka para os homens e o sarafan e o kokoshnik para mulheres, com lapti e valenki como sapatos comuns.


Os instrumentos musicais étnicos típicos do país são gusli, a balalaika, zhaleika e a garmoshka. O folclore russo antigo tem suas raízes na religião pagã eslava. Muitos contos de fadas russos e épicos bylinas foram adaptados para filmes pelos diretores como Aleksandr Ptushko e Aleksandr Rou. Os principais poetas russos como Pyotr Yershov e Leonid Filatov escreveram uma série de interpretações poéticas dos contos sobre fadas clássicos, que podem ser encontradas nas famosas bibliotecas do país. Os russos têm muitas tradições, incluindo um banho de vapor quente conhecido como banya.


O balé é uma forma de arte popular notável na Rússia, sendo o  Bolshoi Ballet, o mais conhecido.  O Bolshoi Ballet foi fundado em 1776 sendo uma empresa de balé clássico com sede no Teatro Bolshoi em Moscou, o Ballet Mariinsky de São Petersburgo é outra empresa de balé famosa na Rússia.
Moscou é uma cidade com diversos pontos turísticos a serem visitados como:

Praça Vermelha:


Conhecida pelos grandes desfiles militares, a praça separa o Kremlim do bairro histórico de Kity-gorod, o local é considerado a praça central de Moscou e de toda a Rússia.

Kremlin de Moscovo:


O Kremlin é um complexo fortificado no centro da capital russa, as margens do rio Moskva ao sul tendo a Catedral de São Basílio e a Praça Vermelha a leste e o Jardim de Alexandre a oeste. O Kremlin é a sede do poder da Rússia.

Catedral de São Basílio:

A Igreja de São Basílio está localizada no extremo sudeste da Praça Vermelha à frente da Torre Spasskaya do Kremlin. A catedral  pertence à Igreja Ortodoxa Russa e sua construção foi ordenada pelo então Czar Ivan, o Terrível para comemorar a conquista de Kazan entre 1555 a 1561. O conceito inicial era construir um grupo de capelas, cada uma delas dedicada a um dos santos em cujo dia o Czar ganhou uma batalha, mas a construção de uma torre central unifica estes espaços em uma só catedral.

Teatro Bolshoi:


O Teatro Bolshoi é a sede da Academia de Balé Bolshoi e foi projetado pelo arquiteto Joseph Bové para abrigar espetáculos de ópera e balé.

Museu Memorial dos Astronautas:


Está localizado dentro da base do Monumento aos conquistadores do espaço no nordeste da cidade, e é dedicado à exploração espacial. O museu contém uma grande variedade de exposições e modelos espaciais soviéticos e russos que exploram a história do vôo, astronomia, exploração espacial, tecnologia espacial e espaço nas artes. De acordo com o conselho de turismo russo, a coleção do museu contém aproximadamente 85.000 itens diferentes, principalmente do período soviético, e recebe aproximadamente 300.000 visitantes por ano.

São Petersburgo é considerada a cidade dos czares, fundada pelo czar Pedro, o Grande em 27 de maio de 1703. É considerada a segunda maior cidade da Rússia, politicamente incorporada como uma cidade autônoma localizada ao longo do rio Neva na entrada do Golfo da Finlândia no Mar Báltico.
A cidade possui o metrô mais profundo do mundo, além de diversos pontos turísticos a serem conhecidos, tais como: 

Catedral de Kazan:


A Catedral de Kazan foi construída pela primeira vez no século XVII como tributo à Virgem de Kazan, celebrando a vitória militar sobre os poloneses. Durante o conflito com Napoleão, a pequena catedral sobreviveu a esse período difícil, porém foi destruída posteriormente pelos soviéticos. A atual Catedral de Kazan é uma reconstrução da original e foi concluída em 1993.

Palácio de Inverno:


O Palácio de Inverno é um palácio imperial localizado entre o Cais do Palácio e a Praça do palácio na cidade de São Petersburgo. Construído entre 1754 e 1762 para servir como residência de inverno aos czares russos e suas famílias. Desenhado por Bartolomeo Rastrelli, o palácio em verde e branco é no estilo rococó e possui 1.786 portas e 1.945 janelas. De 1764 a 1775 foi erguido o Salão pequeno do Hermitage, e Catarina, a Grande foi a primeira czarina a ocupá-lo.

Summer Garden:


O Jardim de Verão (Summer Garden) ocupa uma ilha entre Fontanka, Moika e o canal dos Cisnes e compartilha seu nome com o Palácio de Verão adjacente de Pedro, o Grande.
                        
Aurora, o Cruzador:


Aurora é um cruzador russo do século XIX, patrimônio histórico da cidade de São Petersburgo, sendo atualmente um museu. O cruzador Aurora participou ativamente da Guerra Russo-Japonesa e é sempre lembrado como ter sido o estopim da Revolução de Outubro, a primeira revolução socialista bem sucedida na história.

A Rússia é sem dúvida nenhuma um país de história e cultura com monumentos arquitetônicos rico em detalhes, além de ter diversos teatros de ópera e balé, não deixando a natureza de lado, apesar do clima frio o país possui diversos parques espalhados pelas cidades. 


A cidade de Novosibirsk é a capital da província homônima na Sibéria. Localizada as margens do rio Ob com mais 1.500.000 habitantes, sendo a terceira maior cidade russa, fundada em 1893 durante a construção da Transiberiana é uma cidade no estilo modernista com ruas amplas e infraestrutura moderna.

Vale à pena conhecer este país, apesar do frio congelante,se prepare, pois as temperaturas no verão não passam dos 25º C e no inverno podem chegar a -42ºC.

Artigo protegido pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo o artigo aqui exposto, pois está registrado.




Nenhum comentário:

Postar um comentário