Pessoas tóxicas sugam a alma de canudinho


Marisa Fonseca Diniz


Pare tudo que está fazendo agora, feche os olhos e pense em quantas vezes perdeu a paciência no trabalho, nas redes sociais ou até mesmo em uma roda de amigos com pessoas que necessitavam de atenção imediata por acreditarem que seus problemas eram maiores do que tudo? A vida nos ensina a ser pacientes, isso é um fato, mas nem sempre conseguimos controlar nossos ataques de ira por conta de situações ou pessoas tóxicas.

Há alguns anos atrás escrevi um artigo sobre pessoas tóxicas, que recomendo a leitura, Corra de Pessoas Perturbadas e Vingativas, e hoje me ponho a escrever um novo texto que relata experiências nada agradáveis com pessoas que conseguem sugar a alma e paciência de qualquer indivíduo de canudinho sem o menor constrangimento.

Não se engane achando que este tipo de situação aconteça apenas com algumas pessoas ou regiões, não isso pode acontecer com qualquer indivíduo e em qualquer região do planeta, afinal pessoas sem noção existem aos montes esparramados mundo afora.

A difícil arte de entender as pessoas e suas conversas pode fazer com que qualquer indivíduo seja vítima de uma pessoa que está à espreita para aplicar um golpe, seja, financeiro, de trabalho, amoroso todos juntos ou separados. Em um primeiro momento podemos nos deixar levar sem perceber o real motivo para toda aquela conversinha, porém com o tempo percebemos que não passam de conversas dissimuladas e perturbadoras. Pior ainda quando estas conversinhas moles precedem de indivíduos que se acham acima de qualquer suspeita.

Todo mundo tem alguma situação semelhante para contar, paro e penso até onde pode chegar à crueldade de um ser humano. Imagine conversar por um determinado tempo com alguém que supostamente por meio das redes sociais parecia alguém normal e interessado em fazer negócios, mas ao conhecer pessoalmente percebe-se o quão perturbado é? Pois é, qualquer pessoa até as mais desencanadas podem se deparar com pessoas nada a ver com a vida e os momentos.

Histórias fabulosas, cheias de tragédia familiar, suicídios, abandono, pessoas desesperadas por um emprego, incompreensão familiar é tudo um jogo, que nem sempre condiz com a realidade do indivíduo, mas pasme por trás de toda esta fantasia pode existir sim uma pessoa mentalmente perturbada, pior ainda quando esta pessoa é aprovada em um concurso público de um clube e é responsável pela vida dos freqüentadores que se divertiam nas piscinas. Oi?

Aí fica aquele questionamento sem muito o que fazer ou pensar, como conseguiu ser contratado? Absurdo é perceber que o perturbado é funcionário concursado há mais de anos em um clube, e é também uma pessoa sem escrúpulos nenhum no que diz respeito à compra de votos, sim, ainda por cima é corrupto, não mede esforços para conseguir dinheiro a qualquer custo. 

O tempo é o senhor de tudo, passa um determinado período, e em uma reportagem aparece o nome do cidadão lá em processo criminal por uso indevido de dinheiro público, oh como pode ainda estar impune? Como se nada disso fosse o suficiente, a vítima não pensa duas vezes e some por medo, e o vilão para se sentir uma pessoa importante faz de tudo para não perder sua vítima predileta de perto e se diz perseguido, não duvido, uma pessoa sem caráter é capaz de tudo, inclusive simular situações.

Achou pouco? Quando encontrar uma pessoa como essa pela frente suma, mas se nem mesmo assim o inescrupuloso te esquecer, tenha cuidado, pois é capaz de qualquer coisa quando perceber sua rejeição, inclusive denegrir sua imagem para aqueles amigos loucos e dissimulados que vivem nos botecos 
em busca de aventuras e drogas, que se quer você imagina quem sejam. 

Agora imagine todo este contexto absurdo e mais um pouco? Não satisfeito com a situação, este mesmo indivíduo tóxico e sem noção começa achar que está sendo perseguido por pessoas que possam estar lhe rastreando os passos por estar fazendo coisas erradas, de quem esta pessoa irá se lembrar? Bingo, daquela vítima que ele elegeu, e que supostamente acredita que está fazendo de tudo para prejudicá-lo.

A vítima já está em outra faz tempo, já mudou o foco e quem sabe já está em outra cidade, país ou sabe-se lá onde. Não satisfeito pelos fatos tenta se reaproximar do nada daquele ser humano pede desculpas pelos acontecimentos, e na tentativa de se reaproximar joga uma situação completamente aleatória fazendo com que a sua vítima não desconfie de nada e seja piedosa a ponto de ajudar um amigo em uma recolocação no mercado de trabalho, aliás, não está nada fácil conseguir um emprego nos dias atuais.

O bonzinho tentando ajudar o coitadinho do amigo, e com eles ainda vem uma legião de gente sem noção para perturbar. Quando finalmente a vítima tenta se desvencilhar de tudo isso ajudando o suposto amigo, se vê enroscado em tudo que é mais ordinário, tem sua vida virada de ponta cabeça e para piorar sua fama é jogada no lixo, fazendo com que os amigos deles acreditem em toda esta farsa demoníaca montada.

A vítima não vê outra saída a não ser contratar um investigador particular, a fim de descobrir onde está o fio podre desta armação, e mais que depressa começa a sair de campo. Não pense que foi fácil, não, pessoas dissimuladas e tóxicas sempre criam táticas convincentes quando percebem que podem perder o jogo. Mas, do que depressa a vítima acionou um amigo policial delatando o ocorrido. O investigador particular entregou o motivo de todo esse emaranhado de problemas e a relação de amizade entre o bonzinho e o coitadinho, e mais do que depressa a vítima não pensou duas vezes em aceitar um convite e sumir do país.

Parece estranha essa história, não?! Mas, saiba que esta história é verdadeira e possui nomes, sobrenomes, cidades, país e razões nos quais precisava todo este enredo para que os sujeitos perturbados em questão saíssem de vítimas e não de vilões, pois já estavam sendo investigados há tempos por danos causados a terceiros.

O que aprendemos com tudo isso? Pessoas tóxicas não medem esforços para prejudicar quem quer que atravesse o caminho delas, suas ações são repugnantes, usam e abusam de situações e pessoas como bem querem e para piorar denigrem a imagem de pessoas inocentes. Se precisarem difamar, mentir e inverter a situação para saírem de vítimas, não medirá esforços para isso, mesmo sendo os vilões da história.

Quando escutamos histórias como estas muitas vezes temos o costume de apontar o dedo para a vítima sem perceber que colocamos o vilão da história em posição de santo, quando na verdade deveria ser o contrário.

Relacionamentos sejam profissionais ou pessoais quando não acrescentam em nada se tornam abusivos e tóxicos e podem causar danos enormes, por isso quando se deparar com alguém que supostamente quer passar a imagem de bom samaritano, investigue, pois pessoas boas não tendem a ter várias personalidades como aqueles que sugam nossa alma e paciência de canudinho.

Que as experiências desagradáveis que temos na vida nos sirvam de lições para serem compartilhadas com aqueles que desconhecem a maldade do ser humano, pois qualquer pessoa pode ser vítima de uma pessoa dissimulada, tóxica, sem noção ou até mesmo abusiva.

Artigo protegido pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo o artigo aqui exposto, pois está registrado.

Licença Creative Commons
O trabalho Pessoas tóxicas sugam a alma de canudinho de Marisa Fonseca Diniz está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://cafesonhosepensamentos.blogspot.com/2017/07/pessoas-toxicas-sugam-alma-de-canudinho.html.



Nenhum comentário:

Postar um comentário