Toda história tem dois lados...


Marisa Fonseca Diniz



Ou mais lados, o que não pode é apenas escutar uma única versão da história, pois todos os envolvidos tem sua razão ou culpa, não importa se são fracassos ou vitórias. O importante é sempre agir com paciência em tudo e parar alguns minutos para refletir quem está ou não dizendo a verdade.

Se a situação é conflitante e escuta-se apenas um dos lados corremos o risco de fazer pré-julgamentos errados, pois quem condena, em geral pode estar se sentindo inseguro, angustiado ou simplesmente enraivecido por ter perdido algo. Saiba observar e analisar todas as situações e colocações, pois nem sempre quem se queixa está com a razão.

Relacionamentos sejam pessoais, profissionais ou amorosos em algum momento podem perder o encanto, e nessas horas o melhor a fazer é deixar tudo as claras para que no futuro não aja pendências e nem resquícios de algo que ficou mal resolvido.

Deve-se ter sabedoria em se colocar no lugar do outro, e ver o que pode chatear em um relacionamento, acusar indiretamente alguém por não ter tido paciência ou ter errado, não vai fazer com que negócios sejam fechados, por exemplo. Saber as causas do insucesso dos negócios no decorrer do tempo, pesquisar referências, projetos antigos e ir atrás de empresas lesadas ou que foram bem sucedidas neste campo faz toda a diferença.

Assim como acontece nos negócios é passível de acontecer na vida pessoal, pois todos erram, nem sempre se acerta na primeira. Apague da memória conselhos negativos, pois se fossem bons todo mundo venderia, e não daria de graça. Há muita gente que se diz amigo, mas na hora que mais se precisa de um ombro para se lamentar, caem fora.

Lembre-se, o verdadeiro amigo não sente inveja, se ele tiver que chorar a sua causa, ele vai, não vai ficar furando os olhos e apontando o dedo na cara e dizer que você é um inútil. Amigos são  irmãos do coração, ele compra a sua briga e tenta te ajudar de qualquer maneira, vai atrás da verdade, escuta os lados envolvidos.

Tem muita gente por aí se dizendo amigo, mas na hora que o calo aperta é o primeiro a te largar na rua da amargura. Faça a sua história ser um caminho não de curvas tortuosas, e sim de retas e subidas com objetivo. Saiba que nada é perfeito, que os tropeços podem virar lições para a vida, e que somente você pode decidir o que é melhor para sua vida.

Deixe os pensamentos negativos de lado, recomece quantas vezes for necessário, mas não se junte aqueles que vivem te prometendo sucesso e não fazem nada para te ajudar. Escute a si mesmo, analise e veja se você está tomando as decisões certas para sua vida, se o seu presente não é consequência das atitudes erradas que você fez no passado, mude, queira o seu melhor, se aproxime de pessoas que mesmo rudes possam te acrescentar algo positivo.

Se afaste de tudo aquilo que te leva para trás, trate sua alma, seu corpo e apague todos os pensamentos que não te fazem bem. Se afaste daquilo que te tira do foco, seja humilde acima de tudo e reveja seus conceitos do que é certo ou errado. Saiba perdoar e pedir perdão quando for necessário, saiba ouvir, use a inteligência para seu próprio bem, e fuja de tudo aquilo que atrasa sua vida.

Não se esconda dos problemas, não afunde a sua cabeça na terra achando que é o melhor a fazer, enfrente os problemas de cabeça erguida. Não se acovarde, assuma todos os seus compromissos e seja uma pessoa que se orgulhe de si mesmo, e nunca se deixe enganar por qualquer um dos lados da conversa, do negócio ou do relacionamento!

Artigo protegido pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo o artigo aqui exposto, pois está registrado.

Licença Creative Commons
O trabalho Toda história tem dois lados... de Marisa Fonseca Diniz está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.


Nenhum comentário:

Postar um comentário