Pássaro não foi feito para ficar preso em gaiola


Marisa Fonseca Diniz



Com certeza todos já ouviram esta frase: “Pássaro não foi feito para ficar preso em gaiola”, a liberdade do ser deve ser sempre prioridade, quem prende corre o risco de perder. Tudo que prende, aperta, sufoca e cansa.

Como pássaros são as pessoas, ser e se sentir livre é prioridade, nada pode ser mais desgastante do que outro ser tentar agarrar a força alguém que julga ser sua propriedade, ninguém é de ninguém, todos nascem livres e tem o direito de fazer suas próprias escolhas, mesmo que não aparentam serem as melhores.

A vida é muito curta para trancafiar alguém em uma gaiola e depois sair dizendo ao mundo que possui um amor ao seu lado. O primeiro passo é oferecer um canto aconchegante e não uma forca. Pássaros possuem asas e nasceram para serem livres, e não para viverem engaiolados.

Os escritores são como pássaros nasceram para serem livres, seus pensamentos voam longe, e nada ou ninguém tem o poder de roubar seus sonhos. Quem escreve o lamento da alma vive preso nos pensamentos alheios ou vive uma vida infeliz.  A felicidade, a positividade, a liberdade pertence aqueles que sabem viver, sem se lamentar das perdas que tiveram ou do que abriram mão para terem pensamentos leves e soltos.

Viajar no tempo sem medo de ser feliz, sentir a brisa bater nas maçãs do rosto ou o calor abraçar o corpo, emoções, vibrações, tentações de uma vida livre que ninguém tem o direito de roubar os sonhos e nem a liberdade na certeza de que tudo pode ser muito mais duradouro do que a prisão.

Quem prende, persegue ou escraviza demonstra fraqueza da alma com medo de perder, e infelizmente acaba perdendo. Portanto, quando tentar prender um pássaro na gaiola, lembre-se que todos nós nascemos livres e temos livre árbitro para escolher nossos próprios caminhos.

Permita que quem te ama volte por prazer e satisfação em estar ao seu lado, não por obrigação ou medo porque o ciúmes sufoca e coloca tudo a perder!

Artigo protegido pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo o artigo aqui exposto, pois está registrado.

 Licença Creative Commons
O trabalho Pássaro não foi feito para ficar preso em gaiola deMarisa Fonseca Diniz está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível emhttp://cafesonhosepensamentos.blogspot.com/2016/07/passaro-nao-foi-feito-para-ficar-preso.html.



Nenhum comentário:

Postar um comentário