A vida anda...


Marisa Fonseca Diniz




É isso mesmo a vida anda, assim como a fila tem que andar, porque quem gosta de viver de passado é arqueólogo ou museólogo. A vida é muito curta para ficar se lamentando pelo que fez ou deixou de fazer, apesar de que há muitas pessoas por aí que adoram ficar murmurando o que fizeram ou deixaram de fazer, bobagem, por que perder tanto tempo com problemas  passados?

O importante é viver o hoje, o agora, o momento e deixar fluir, porque tudo pode mudar até leite azedo pode virar iogurte, ou seja, deixe acontecer. Nada de ficar se remoendo por um amor, emprego ou negócio que não deu certo, porque em todos os erros há uma lição a ser aprendida.

Há muitas pessoas que ficam reclamando disso ou daquilo que não deu certo, invés de viver e se preparar para o melhor que virá no futuro, perder tempo com aquilo que não tem mais conserto é deixar a vida estagnada.

A vida tem que andar, seja de jipe, de bike, a pé, de jatinho, sobre trilhos ou de barco, não importa como, viva e deixe que no tempo certo tudo aconteça da melhor maneira. Esse negócio de querer antecipar tudo ao seu modo, nunca deu certo, aliás, no final sempre dá errado porque a ansiedade atropela e estraga tudo.

A vida é uma prova para todos e quem for mais forte é que vence a luta, fraquejar porque algo que tanto almejava não deu certo? Que é isso? Sem neuras, traumas e empecilhos, corte fora tudo aquilo que atrapalha a sua felicidade, algumas pessoas podem achar radicalismo demais virar a página, esquecer, excluir pessoas e acontecimentos que não deram certo, ora, viver do que já passou só atrasa a vida, trás lembranças negativas, e deixa brecha para reviver tudo de novo o que não prestou.

O ditado é claro, colhemos hoje o que plantamos ontem, então que daqui em diante plantemos coisas boas, saudáveis, positivas e deixemos lá no passado tudo aquilo que nos desagradou por algum motivo.

As pessoas estão doentes da alma, esquecem que por pior que a vida possa parecer, o sorriso tem que estar estampado no rosto, não importa a dor, não importa a ânsia, a falta de dinheiro, não importa absolutamente nada, porque antes mesmo de nascermos nosso destino já estava traçado, pessoas entram e saem da nossa vida e não é por acaso que muitas delas ficam no passado.

Deixe a vida andar para que o melhor aconteça, tem muita gente por aí assumindo o compromisso alheio e esquecendo que cada um é responsável por seus atos, esse negócio de empurrar para os outros seu dever é atitude de medroso. Ninguém nasceu colado em outro ser e tem por obrigação assumir seus erros e deixar a vida dos outros indivíduos livre.

Viver é uma viagem sensacional, principalmente quando se é audacioso e sabe que as curvas da vida podem trazer riscos, acidentes de percurso e adrenalina. Tem muita gente encostada na vida alheia achando que o outro é responsável por sua própria felicidade.

Chega de achar isso ou aquilo, viva sem se lamentar ou achar que os problemas são o fim do mundo. Todos os infortúnios que vivemos hoje são a prova de que amanhã tudo será muito melhor. Nada nos acontece por acaso, tudo tem um porquê, portanto aproveite a vida e largue de lado quem te leva para trás, escreva uma nova história com novos personagens, novas lições, novas emoções, e quando a tristeza ameaçar aparecer chute para bem longe.

Encha uma mochila de pensamentos positivos, emoções saudáveis, força, felicidade, paciência, persistência e siga pelo caminho da vida, porque no final tudo dará certo e muito melhor do que esperava!

Artigo protegido pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo o artigo aqui exposto, pois está registrado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário