As Quatro Estações


Os amantes de música clássica com certeza conhecem a obra mais famosa de Antonio Lucio Vivaldi, As Quatro Estações. Antonio Vivaldi nasceu em Veneza em 1.678 e era filho de um dos violinistas da Basílica de São Marcos.

Na época, a melhor forma de um músico se proteger contra as dificuldades financeiras era entrar para a Igreja, e foi isso que seu pai fez matriculando Vivaldi ainda pequeno, na Capela Ducal de São Marcos para aperfeiçoar seus conhecimentos musicais.


Aos 15 anos Vivaldi foi tonsurado e iniciou seus estudos religiosos e musicais, que terminou aos 25 anos de idade, quando foi ordenado sacerdote. Por sofrer de asma crônica, a partir de 1.703 não precisou mais exercer suas tarefas de culto. Os seus extraordinários dotes musicais o consagraram à composição e aos ensinamentos da música, a partir de 1.704 começou a ensinar violino em um orfanato de moças órfãs em Veneza, onde a maioria dos seus concertos, cantatas e músicas consagradas foram compostas para elas.




Em 1.705, a primeira coleção dos seus trabalhos foi publicada. Em 1.712 compôs uma coleção de 12 concertos, Estro Armonico, que repercutiu por toda a Europa. No ano de 1.713, Vivaldi tornou-se responsável pelas atividades musicais no orfanato, e em paralelo tocava em concertos e óperas. Em 1,723 publicou Opus 8, que contém As Quatro Estações, sua obra mais conhecida em todo o mundo, e está entre as peças mais populares da música barroca.




As Quatro Estações são quatro concertos para violino e orquestra e parte de uma série de doze publicados em Amsterdã em 1.725. A característica principal destes quatro concertos é que possui um programa claro, no qual vem acompanhado por um soneto ilustrativo impresso na parte do primeiro violino, cada um sobre o tema da respectiva estação. Na se sabe a origem ou autoria desses poemas, mas especula-se que o próprio Vivaldi os tenha escrito.

Vivaldi foi um compositor prolífico e sua fama deve-se sobretudos pelas suas composições, tais como mais 500 concertos, 46 óperas, 44 motetos, 2 serenatas, 73 sonatas, sinfonias, 100 árias, 30 cantatas, música de câmara, música sacra, entre outras.

Vivaldi assim como outros gênios da música clássica morreu na pobreza em Veneza em 1.741.

Presto – As Quatro Estações – Antonio Vivaldi


As Quatro Estações (completo) – Antonio Vivaldi



2 comentários:

  1. Gosto muito de música clássica e de Vivaldi, Mozart, Gounod, Schubert...
    E por aí vai...
    Maravilha.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Contagiante, parei por um momento para me deliciar. Parabéns!
    Sucesso e bom dia!

    ResponderExcluir